Estava sentado afim de escrever um texto longo contando tudo sobre minha vida para você. Queria te contar a saudade que senti, a decepção que tive pela sua desistência de mim, queria ter te dito todas as vezes que entrei no seu perfil para tentar saber como você estava já que não iria mais me responder, e desejei principalmente te mostrar como me senti cada vez que quis te contar algo tendo a certeza que tu não daria ouvidos. Então, depois de alguns minutos pensando nisso e observando o céu, a vontade de te contar tudo isso passou, e do mesmo jeito que essa vontade de te jogar na cara o dano que você me causou passou, meu amor por ti também há de passar.
O amor causa danos. Thiago Polycarpo.  
Não posso mais continuar me afogando nessa insanidade. Tentei encontrar algum lugar para correr ou fugir, mas todos os nossos caminhos se cruzam. E não falar com você, me mata, sempre que passamos um do lado do outro e nem ao menos um sorriso surge nos nossos lábios crispados. Apenas um suspiro. Um suspiro sussurrando: são dois estranhos agora.
A culpa é mesmo das estrelas? 
Antes de você pensar em ir embora, lembre-se de que sempre vai poder voltar para o meu abraço.
A culpa é mesmo das estrelas? 
Eu tento ficar bem, mas sabe, é difícil ter de aguentar a tudo isso sozinha.
Cavaquer  
O que poderia ser uma nova história, não passou da continuação de algum capítulo enrolado e chato. Então quem sabe um dia. Vou continuar esperando alguma coisa dos meus dias, rezando contra essa minha inércia. Os dias vão passar, mas não vou me esquecer de ainda querer escutar aquele riso.
Gabito Nunes. 
Você é a luz que reside no canto mais escuro do meu coração. Bem no lugar onde sempre penso em desistir de tudo, mas não faço, porque você está lá, sempre na frende de me impedir de me perder. Por isso, não é difícil perceber o “porquê” de eu ter me apaixonado por você. Nunca me apoiaram tanto antes, nunca acreditaram em mim tanto quanto você. De alguma forma, você me melhorou quando eu mesmo não tinha esperanças.
A culpa é mesmo das estrelas?   
Amar é a incrível vontade de estar junto, fazer a pessoa feliz mesmo que isso custe a sua felicidade. Pode parecer clichê, mas é verdade. Hoje em dia está fácil dizer que ama, mas e o sentimento verdadeiro, onde fica? Amar se tornou um “hobby” e sempre as mesmas pessoas estão a sofrer, geralmente são sinceros, aqueles que amam de verdade, que se entregam a pessoa, esses são os que mais sofrem.
Gustavo Henrique.   
Ou você ri da vida ou a vida ri de você.
Vivencia-rei. 
Eu lembro de você e não sei porquê, mas de alguma forma, não me lembro de nada ruim seu. Nada mesmo. Até as coisas que eu mais odeio, consegui amar em você, de uma forma única. Amo a saudade que sinto, é estranho, mas ela é a prova de que um dia, tive a honra de te ter ao meu lado. De que fomos, mesmo que por poucos meses, mais que amigos, mais que irmãos ou qualquer outro laço que se auto nomeie. Simplesmente fui seu, e você foi meu. Sem arrependimentos, sem dores passadas ou suspiros intermináveis. Em mim, carrego o melhor de você.
A culpa é mesmo das estrelas? 
Vou sem olho
que é pra ver
se eu aumento
minha coragem.
Larissa Carvalho